Planejamento financeiro para comprar imóvel: confira 4 dicas

Planejar-se financeiramente é importante em todos os aspectos da vida, não é mesmo? Ainda mais quando se deseja comprar um imóvel, pois essa é uma transação que geralmente envolve altas quantias. Assim, é fundamental que o comprador faça previsões para que o valor não ultrapasse seu orçamento.

Entretanto, ao contrário do que muitos pensam, até mesmo pessoas com rendas mais altas precisam se planejar antes de tomar essa decisão. Essa medida possibilita conseguir melhores formas de pagamento e, ao final, o adquirente terá a certeza de ter feito um bom investimento. Porém, é claro que essa não é uma tarefa das mais fáceis.

Pensando nisso, listamos 4 dicas para que você faça um bom planejamento financeiro para comprar imóvel. Confira!

1. Analise o contexto econômico e financeiro

Para saber quanto investir em um imóvel, não basta analisar quanto se pode pagar. Acontece que, mesmo que as suas condições sejam favoráveis, o contexto econômico e financeiro pode revelar a hora certa de fazer esse investimento.

Por esse motivo, analise o mercado. Verifique as opções disponíveis e conclua se alguma delas atende aos seus interesses. Dessa forma, você se assegura de que fez a melhor escolha, e não apenas decidiu por não ter encontrado algo que atingisse plenamente as suas expectativas.

Além disso, compare os preços e observe a variação deles em determinado espaço de tempo. Esse pode ser um diferencial na escolha, pois momentos de redução nos valores são ideais para fazer a compra.

2. Corte gastos desnecessários

Ao realizar um planejamento financeiro para comprar imóvel, é preciso ter em mente que gastos desnecessários fazem com que você fique mais distante do objetivo. Então, é hora de decidir somente pelo que é imprescindível.

Assim, você terá que abrir mão dos jantares em restaurantes e do cineminha do final de semana. Da mesma forma, não é o momento de comprar um notebook ou uma TV de última geração, não acha?

Dentro de casa, também será fundamental promover economias. Isso inclui contas de água, luz, telefone, internet e TV por assinatura. Portanto, reduza o consumo de água. Mantenha as luzes dos ambientes inutilizados sempre apagadas.

Além disso, é recomendável analisar o uso do telefone residencial, pois se sabe que hoje os celulares suprem bem essa necessidade. Ademais, procure pacotes de internet e TV mais baratos, buscando promoções ou negociações com a operadora.

3. Defina a sua prioridade

Ao adquirir um imóvel, é importante avaliar suas prioridades pessoais. Isso significa que você deve conjugar seus interesses para decidir por aquele que seja mais adequado.

Estabeleça, primeiramente, se você deseja morar nos melhores bairros, em um mais próximo do centro ou mais isolado. A proximidade com o trabalho pode influenciar nessa escolha. Ainda, se é necessário adquirir uma casa, para ter mais espaço para você e sua família, ou se um apartamento atende à rotina de todos.

Somente após fazer uma análise desses fatores você conseguirá ter clareza, para além do que quer, do que você precisa. De nada adianta escolher o que parece mais atrativo levando-se em conta somente um fator, se essa escolha não atender às suas necessidades.

4. Estabeleça uma meta

Definida a sua prioridade, é hora de estabelecer uma meta. Isso porque é muito difícil uma pessoa se propor a fazer algo sem ter um objetivo específico a alcançar. Portanto, tenha em mente o valor do imóvel que você deseja.

A partir de então, coloque em prática os cortes de gastos sugeridos e, para que essa meta seja alcançada mais rapidamente, vale investir seu dinheiro, buscando os meios mais rentáveis entre os disponíveis no mercado. Nesse sentido, pode-se pensar em Tesouro DiretoFundos de Renda Fixa, e Certificado de Depósito Bancário (CDB), por exemplo.

Dessa forma, pudemos ver que, antes de ter a residência dos seus sonhos, é preciso preparar o bolso e a mente. Seguindo esses passos do planejamento financeiro para comprar imóvel, é possível fazer uma escolha segura e usufruir de todos os benefícios que o novo lar pode proporcionar a você e a sua família.

Se você pensa em comprar um segundo imóvel, saiba as vantagens de alugar o antigo sem dor de cabeça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *