Como funciona o contrato digital e quais suas vantagens?

Entre as novidades existentes no mercado imobiliário e que vêm chamando a atenção, provavelmente, você já deve ter ouvido falar no contrato digital, não é mesmo? Conhecer as vantagens desse documento virtual fará com que você economize tempo, dinheiro e ganhe agilidade nas transações imobiliárias.

Afinal, usufruir de alternativas que tragam rapidez, segurança e praticidade nas soluções que você busca em seus interesses em encontrar o melhor imóvel e fechar negócio com tranquilidade faz toda a diferença para quem quer resolver tudo com mais leveza.

A tecnologia tem facilitado a vida das pessoas, e no momento de fechar um negócio não poderia ser diferente. Nesse post, você descobrirá como as negociações têm sido mais ágeis por meio dessa novidade. Quem pensa em comprar um imóvel, por exemplo, pode se beneficiar bastante desse modelo de acordo. Portanto, continue lendo e aprenda como funciona o contrato digital e suas vantagens.

O que são os contratos digitais?

Os contratos digitais são versões digitalizadas dos acordos que vemos em papel e com validade jurídica. Sua função é ser, justamente, a simplificação de um processo que era longo e enfadonho e envolvia a ida ao cartório, envio de documentos por correio e demais esforços extras que fossem necessários à legitimação de um contrato.

Por meio de tecnologias que garantem a veracidade do documento digital e preservam a integridade das partes envolvidas, se tornou possível fechar um acordo sem ter que passar por toda a burocracia que era comum nesses casos.

Pense em como isso poderia ser complicado para as pessoas que estão em negociação e moram em cidades ou até países diferentes. Agora, por meio de um e-mail ou mesmo aplicativos de conversação, se pode enviar o documento e fechar negócio. 

Como o contrato digital funciona?

Por meio de plataformas adotadas por imobiliárias, essa boa prática pode facilitar a vida do cliente e da própria empresa. Isso porque, por ela, você tem acesso a um modo prático, rápido e seguro de assinar o contrato por meio de um aplicativo no celular, tablet ou mesmo computador de mesa (desktop).

Utilizando uma cópia digital da sua assinatura em papel adequada às normas e regras que essa tecnologia emprega para assegurar a legitimidade do documento em questão, você consegue fechar negócio a um clique e descomplicar a burocracia existente em uma transação imobiliária.

A partir daí, o contrato assinado fica disponível como um documento digital, podendo ser enviado também por mensagem eletrônica deixando tudo ainda mais simples e objetivo.  

Quem regulamenta o contrato digital?

A Medida Provisória 2.200-2 do Código Civil Brasileiro é responsável por regulamentar a utilização de contratos digitais em transações imobiliárias. As resoluções do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ICP-Brasil) e comitês que integram essa área no país instituíram as diretrizes para a validade do contrato digital.

Assim, esses documentos virtuais deverão estar de acordo com os padrões estipulados pelo ICP-Brasil e que atendem às previsões da Medida Provisória. Sem essa atenção, a validade do contrato fica comprometida, assim como pode acontecer no modelo impresso quando não atende critérios jurídicos mínimos para que seja verídico.  

E-book Apartamentos CompactosPowered by Rock Convert

A assinatura digital tem validade jurídica?

A resposta é sim, desde que esteja em concordância com os critérios apresentados no tópico anterior. Ao negociar com sua imobiliária de confiança procure esclarecer esses pontos a fim de ter certeza de que está lidando com um contrato digital válido. Afinal, o mesmo cuidado que se pode ter com um documento impresso também vale para outros modelos. 

Quais as vantagens de utilizar a assinatura digital?

Agora você verá por que o contrato digital vem ganhando espaço nas transações imobiliárias e despertado a curiosidade de muitas pessoas interessadas na compra de um imóvel. As vantagens de adotar esse modelo são bastante benéficas, e a seguir vamos esclarecê-las para você. Confira!

Velocidade

Pense em quanto tempo levava até pôr as mãos no contrato impresso, ler, assinar, levar no cartório e cuidar de toda a burocracia envolvida — isso caso você não precisasse apelar aos correios ou mesmo viajar para fechar negócio.

Mesmo que contasse com uma imobiliária para ajudá-lo nisso e tornar essa jornada mais simples, isso jamais poderia ser tão rápido quanto se valer das facilidades tecnológicas e fechar negócio por meio de um contrato digital.

Vivemos em tempos onde as pessoas têm uma vida cada mais corrida, e por isso, contar com velocidade nas mais diversas situações faz toda diferença.

Dinamismo

Em meio às várias tarefas e interesses que fazem parte da sua rotina, poder usufruir de um procedimento rápido, seguro, gratuito e simples como acontece no contrato digital, traz dinamismo na resolução dos problemas.

A liberdade de não precisar mais se locomover às diversas instâncias burocráticas para legitimar um acordo e o tempo e dinheiro economizados por conta disso, fazem com que a assinatura desse documento virtual propicie leveza na conclusão da negociação.

Com uma relação de negociação mais dinâmica sobra tempo também para você se preparar com outros detalhes, como mudança ou mesmo divulgação do imóvel caso esteja cogitando comprá-lo como um investimento — pense nisso.

Segurança

Talvez você se surpreenda com o que vamos dizer, mas a segurança dos contratos digitais podem ser bastante superiores à do modelo de papel. A razão disso é justamente a sua padronização estipulada pelo ICP-Brasil e regulamentada pela Medida Provisória que cuida especificamente do uso desse documento virtual para transações imobiliárias.

Assim, você mesmo pode conferir se os dados apresentados correspondem ao que está descrito em lei e ter a certeza de que não está lidando com um contrato duvidoso.

Como pode ver, a tecnologia tem sido cada vez mais eficaz e precisa na apresentação de soluções que atendam à demanda atual em sua busca por procedimentos mais rápidos, simples e seguros. Toda essa facilidade já está disponível no mercado imobiliário por meio desse contrato virtual que é garantida por lei conforme foi exposto nesse post.

Se gostou de saber como funciona o contrato digital e quais suas vantagens, aproveite também para entender por que o contrato built-to-suit é vantajoso para o investidor.