Quanto vale um curso de corretor de imoveis? Venha descobrir!

Com a expectativa de reaquecimento do mercado imobiliário, muitos profissionais enxergam a oportunidade de investir em uma especialidade para o futuro próximo. Sendo assim, elaboramos este post especial para falar sobre os diferentes tipos de curso de corretor de imóveis.

O objetivo é demonstrar todos os requisitos necessários para o exercício da profissão, apresentando os principais temas dessa carreira. Além disso, levantamos informações médias sobre custos, períodos e demais curiosidades importantes sobre a área. Então, não perca tempo e acompanhe!

A trajetória do corretor de imóveis

Diferentemente do que muitos possam pensar, a jornada do corretor não é tão simples quanto encontrar uma imobiliária e ser contratado. Na realidade, essa é uma profissão que exige uma série de competências, não apenas para interagir com o consumidor, mas também para uma atuação legal e de acordo com as normas desse segmento.

Para além disso, essa é uma área que beneficia aqueles que se preparam, tanto para a certificação obrigatória como para o desenvolvimento profissional, por meio de cursos especializados nas áreas de venda, comunicação, marketing, gestão, finanças e afins.

Inicialmente, é preciso conhecer os requisitos primários para a atuação nesse mercado: maioridade, ensino médio e o ingresso em um curso técnico de transações imobiliárias, amplamente conhecido como TTI. Olhando para a carreira como uma jornada, esse seria o ponto de largada.

Durante a realização do TTI, o futuro corretor deve procurar oportunidades de estágio na área, identificando imobiliárias e ramos compatíveis com o seu interesse de atuação, como os segmentos de locação, loteamento, imóveis comerciais e por aí adiante.

Nesse meio tempo, o estagiário opera no mercado sob a supervisão de um corretor técnico e licenciado, que fica responsável pela atuação do profissional em formação. Essa supervisão é gratuita e, por conta disso, não há repasse de comissão ao estagiário em sua primeira venda.

Com a conclusão do curso, o corretor recebe o seu diploma. No entanto, isso não significa que ele esteja pronto para operar no mercado. Assim como advogados precisam da regularização da OAB, médicos do CRM e engenheiros do CREA, os corretores necessitam da certificação do CRECI, o Conselho Regional de Corretores de Imóveis.

Realizada essa última etapa, o corretor recebe sua carteira, devidamente registrada com o seu número de atuação profissional e passa por uma cerimônia para a oficialização do ato. Feito isso, o corretor está legalmente autorizado a operar no mercado imobiliário.

Os requisitos necessários para o exercício da profissão

Agora que você conhece a trajetória de formação do corretor, chega o momento de entender alguns detalhes importantes sobre os requisitos dessa profissão. Veja!

Técnico em transações imobiliárias

Como destacamos, esse é o curso principal para quem deseja ingressar na carreira, pois é a única formação que dá direito ao seu registro no CRECI. O conteúdo programático desse curso é bastante amplo, ensinando noções sobre:

E-book Apartamentos CompactosPowered by Rock Convert
  • gestão de locação de imóveis e condomínios;
  • captação e venda de imóveis;
  • incorporação imobiliária;
  • matemática financeira;
  • marketing imobiliário;
  • avaliação imobiliária;
  • temas jurídicos;
  • loteamentos;
  • áreas rurais;
  • arquitetura.

No geral, o TTI apresenta uma abordagem bem objetiva sobre os temas, ensinando apenas o essencialmente necessário para formar corretores profissionais, que operem de maneira legal, consciente e harmônica com o mercado.

Hoje em dia, o TTI pode ser realizado tanto presencialmente como à distância, a famosa modalidade EAD. A sua duração pode variar entre 3 meses até 1 ano, a depender da instituição de ensino, a intensidade da grade horária e a modalidade operacional, EAD ou presencial.

Por conta dessa flexibilidade, os custos variam conforme a instituição, a modalidade e o tempo. Contudo, a grosso modo, as mensalidades costumam flutuar entre R$100 e R$300. Após sua conclusão, o profissional ganha o certificado de qualificação, o diploma e o direito ao registro no CRECI.

CRECI

Como destacamos, o CRECI é o conselho certificador do profissional imobiliário. Por esse motivo, a sua atuação no mercado depende dessa credencial. Em um todo, existem três valores que merecem a sua atenção:

  • R$633 — registro para atuação como corretor habilitado;
  • R$260,60 — registro para atuação como estagiário;
  • R$1.300 — anuidade.

No entanto, é importante notar que esses valores médios podem variar a depender do seu estado de atuação. Por isso, recomendamos que você complemente essas noções acessando o portal do CRECI da sua região.

Cursos complementares

A especialização é uma estratégia importante para o profissional imobiliário. Além das noções aprendidas no TTI, o bom corretor deve compilar uma série de competências para oferecer um atendimento diferenciado, seja ao explicar um financiamento ou descrever as vantagens de um bairro.

Nesse sentido, os cursos que mais contribuem para os profissionais da área são:

  • avaliação de imóveis — aprimora noções de pesquisa e ensina procedimentos de vistoria, cálculo técnico, valorização e desvalorização das unidades no mercado;
  • vendas e negociação — ensina técnicas de resiliência emocional, persuasão, argumentação, conversão, diálogo e agilidade;
  • gestão de negócios imobiliários e da construção civil — cobre áreas teóricas de direito, economia, engenharia e arquitetura imobiliária;
  • matemática financeira — aprimora o desempenho técnico-matemático do corretor, aprofundando noções de juros, capitalização, financiamento, investimento, consórcio, amortização e afins;
  • marketing imobiliário — especializa o profissional em estratégias de marketing e publicidade digital e tradicional.

O impacto do curso de corretor de imóveis sobre esse profissional

Assim como em outras carreiras, a especialização serve como um elemento de lapidação do profissional no mercado. Afinal de contas, quanto mais competitivo um setor, mais se exige dos novos entrantes, que precisam ser cada vez mais capazes, múltiplos e eficientes para lidar com a nova leva de consumidores.

É nesse sentido que áreas como o marketing imobiliário, vendas e negociação ganham tanto destaque entre as especializações procuradas pelos novos corretores, pois a nova geração de consumo está majoritariamente alocada no meio digital. Com isso em mente, os futuros corretores precisam se equipar das ferramentas e noções certas para alcançar esse público, por meio de uma comunicação eficiente e alinhada com as expectativas desse setor.

Como pôde notar, ser corretor é exercer um contato direto com aqueles que você deseja conquistar, exigindo competências que vão muito além do simples carisma. Por isso, a nossa recomendação é para que você siga se especializando, mesmo após a conclusão do curso de corretor de imóveis.

Você gostou deste post, aproveite para seguir aprendendo sobre a profissão, conferindo o nosso artigo especial sobre o tema!

One Comment on “Quanto vale um curso de corretor de imoveis? Venha descobrir!”

  1. multi ferramentas de marketing digital

    trabalhe com email marketing,sms,whatsapp marketing,facebook marketing,twitter marketing,sistemas visitas para seu site, promover sites marketing, youtube marketing,Linkedin Marketing,Instagram Marketing

    publicidades sem barreiras marketing digital aqui acesse!!

    otima oportunidade de negócios não percam !!

    acesse já : https://bit.ly/3kymIxR

    Contato Receber Material

    Telegram: MktMidia

    Skype: MktMidia

    alcance seu publico negocios marketing de sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *