Erros no financiamento do imóvel: saiba quais são os mais comuns e como evitá-los

O financiamento ainda é a maneira mais usada pelos brasileiros para comprar sua casa própria. Contudo, apesar de já ser bem conhecida da população, essa modalidade de crédito ainda enseja muitos erros por parte das pessoas que fazem financiamento. Quando não se tem conhecimento suficiente sobre o assunto, a melhor coisa a se fazer é procurar a orientação de especialistas.

A compra do imóvel deve ser bem planejada: é fundamental tomar alguns cuidados para evitar que o sonho da casa própria não se transforme em um pesadelo de dívidas e cobranças, e de transtornos diversos.

Neste artigo, vamos falar sobre os principais erros no financiamento do imóvel. Fique atento a eles e saiba o que fazer para evitá-los!

Assumir parcelas de financiamento acima de suas condições financeiras

Um dos erros no financiamento do imóvel mais comum é assumir parcelas que ultrapassam suas limitações financeiras. A pessoa deverá assumir, por um prazo determinado, o compromisso com parcelas mensais que embutem juros. O ideal é que cada parcela represente não mais que 30% de sua renda.

Quando a pessoa se compromete a pagar um valor que vai além de suas limitações, a tendência é cair na inadimplência e ficar obrigada a pagar juros altos e multas devido ao atraso. Além disso, se os atrasos forem muito longos, o banco que financiou o negócio tem o direito de tomar o imóvel.

Enfim, o ideal é planejar antes de se decidir pelo financiamento de determinado imóvel. Lembre-se de que sua renda não é destinada somente ao pagamento das parcelas, já que você certamente tem outros compromissos.

Não conferir toda a documentação relacionada com a solicitação

A documentação também está entre os erros no financiamento do imóvel. Como se trata de um processo burocrático e lento, alguns transtornos podem acontecer. É fundamental analisar a documentação pedida e a sua validade. Se o prazo do documento acabar, será preciso fazer outra via para mostrar ao banco.

Em relação às pessoas envolvidas no negócio também existem documentos a serem apresentados, como CPF, RG, comprovante de residência, certidão de nascimento, certidão de casamento (se for o caso), contracheques e cópia da declaração do imposto de renda.

Quanto ao imóvel, também é preciso apresentar documentos como certidão negativa de débitos. É importante que o bem não esteja comprometido pelo não pagamento de certos tributos, como IPTU. Caso existam dívidas, é importante que o potencial comprador seja esclarecido sobre o assunto.

É bom contar com especialistas para mediar a transação, porque ainda é comum a documentação incompleta ou mesmo falsa. Um dos principais documentos imobiliários é a escritura registrada em cartório, com o respectivo número de matrícula.

Deixar de avaliar os outros gastos envolvidos na transação imobiliária

Ao comprar um imóvel, a pessoa não deve assumir somente o preço da venda, que será parcelado. Há outros custos que devem ser considerados para que o negócio não fique a meio caminho. As despesas de cartório tornam o negócio mais caro em aproximadamente 10%.

Essas despesas envolvem emolumentos, pagamento do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), certidões emitidas e outras coisas. A escritura é outro documento importante, que também custa caro e deve integrar o orçamento, ou seja, é um valor que precisa fazer parte do planejamento financeiro.

E-book Apartamentos CompactosPowered by Rock Convert

Há, ainda, os custos recorrentes da casa, como água, luz, telefone, que podem atrapalhar o pagamento das parcelas do financiamento. Enfim, fique atento a todas as despesas presentes e futuras. O encarecimento do negócio pode levar à inadimplência ou à necessidade de realizar outro empréstimo, o que atrapalha as finanças pessoais da família.

Atrasar na entrega dos documentos necessários para o processo

A análise da documentação é um processo burocrático, mas necessário. Não tem como fugir dele. Os bancos, para gerenciar os riscos (principalmente no que tange ao pagamento da dívida), conduzem o processo de avaliação dos documentos com todo cuidado.

Na verdade, é um procedimento que garante mais segurança para todos os envolvidos, incluindo o comprador e o vendedor. Como já falamos, a não conferência dos documentos é um dos erros no financiamento do imóvel que tendem a causar transtornos futuros.

Por isso, atrasar a entrega da documentação requerida só vai tornar o processo burocrático mais demorado. Se o vendedor não tiver muita paciência, ele pode até desistir da transação, considerando que existem outras pessoas interessadas no imóvel, que podem pagar o mesmo valor e realizar a entrega dos documentos com mais rapidez.

Não efetuar a vistoria constante do imóvel antes de fechar o negócio

Também, vale a pena destacar, entre os principais erros no financiamento do imóvel, o descaso com a avaliação do bem. Não estamos falando da visita comum, mas de uma vistoria quando o imóvel é comprado na planta.

Do mesmo modo que o consumidor deve assumir o pagamento pontual de cada parcela, a construtora tem a obrigação de entregar a obra de acordo com o que foi prometido, com o projeto original. O comprador pode visitar o imóvel em construção a qualquer momento.

Durante suas vistorias, caso perceba alguma irregularidade, ele poderá solicitar a correção do problema. Também, tem o direito de desistir da compra, recebendo, pelo menos, 75% de toda a quantidade que foi aplicada até a ocasião na qual o acordo foi cancelado.

Em imóveis prontos, pode acontecer também de o comprador não se interessar em fazer uma visita mais cuidadosa ao imóvel. Assim, somente depois de assinar o contrato, ele consegue perceber certas irregularidades. Claro que isso não é o recomendado.

O ideal é avaliar bem o imóvel durante a visita e questionar os pontos que julgar relevantes. Se achar melhor, pode até levar um profissional consigo, como um eletricista, encanador, arquiteto. Assim, é melhor sanar todas as dúvidas logo que deixar as coisas para um momento posterior.

Não contar com uma imobiliária de confiança para mediar o financiamento

Como deixamos claro, o financiamento de imóveis tende a ser um processo burocrático e lento. Contar com profissionais especializados para mediar ajuda a agilizar o processo, tornando-o menos cansativo e burocrático. A imobiliária facilita o relacionamento entre o comprador, o vendedor, a instituição financeira e o cartório.

Há, ainda, outros erros no financiamento do imóvel muito praticados e que merecem ser observados. Um deles é a falta de planejamento financeiro, algo que pode comprometer a realização de seu sonho no meio do caminho.

Também, existe o desconhecimento das opções de financiamento, não ler o contrato e esconder informações importantes da equipe do banco ou instituição financeira. Esses são os principais erros no financiamento do imóvel cometidos pelos brasileiros. Você certamente vai fazer de tudo para evitá-los agora, certo?

Se deseja se manter atualizado sobre o ramo imobiliário, assine a nossa newsletter e recebera conteúdo de alta qualidade diretamente em seu e-mail.

4 Comments on “Erros no financiamento do imóvel: saiba quais são os mais comuns e como evitá-los”

  1. Hi there I аm so happy I fоund your webpage, Ι really found үou by error, whie I ѡas searching on Askjeeve f᧐r something else,
    Reցardless I aam here now and ᴡould just like to ѕay kujdos foг a marvelous post and a alⅼ round exciting blog
    (I aalso love tһe theme/design), І dօn’t have tіme to look oveг it all аt thee minute butt Ӏ have book-marked
    it and аlso addesd youг RSS feeds, soo when I
    hаve time I will be back to read a lot moгe, Please dо keep up thе excellent job.

  2. Determine your potential customers – So, how would you check if people who register are in reality prospective
    customers. Don’t forget to ensure your articles are well-written so you can give them great reading experience.

    There’s no better method of getting noticed in the online arena than supplying in-depth information that web
    users are craving for.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *