Incorporação imobiliária e condomínio fechado: quais as diferenças?

Quando o assunto é investir em um imóvel seguro e que trará satisfação, podem surgir dúvidas sobre qual a melhor opção: incorporação imobiliária ou condomínio fechado. Ambos têm particularidades que merecem ser olhadas com atenção, a fim de entender qual realmente atenderá os seus objetivos de pagar o melhor preço por aquilo que mais vale a pena.

Neste post, vamos explorar em detalhes as diferenças entre cada uma dessas modalidades para que você tenha discernimento sobre essa questão de uma vez por todas. Continue lendo e aprenda com as informações a seguir.

Quais os principais motivos que levam à procura por esses tipos de imóveis?

Bom, ainda que existam diferenças claras entre incorporação imobiliária e condomínio fechado, há também semelhanças que fazem as pessoas considerarem essas opções quando estão pensando em adquirir um imóvel. Antes de falarmos diretamente sobre o que difere um sistema do outro, vamos entender por que eles são tão procurados pelos compradores. Veja as vantagens abaixo!

Segurança

A violência urbana e o estresse dos grandes centros faz com que cada vez mais as pessoas procurem morar em locais afastados desses problemas. Tanto a incorporação imobiliária quanto o condomínio fechado trabalham com a ideia de criar um espaço em comum para os moradores, o qual esteja protegido de toda essa confusão.

Com isso, se tem muito mais tranquilidade e segurança ao saber que se vive em um local isolado de tais problemas. Esse certamente é um ponto forte que tem feito as pessoas considerarem ambas as alternativas.

Opções de lazer

Não só a segurança é diferenciada nesses locais — com presença de portaria, câmeras de vigilância e demais aparatos , mas também as opções de lazer dispostas ali. Afinal, ninguém quer morar em local privado sem poder se divertir e ter bons momentos em família, concorda?

Nisso, muitas incorporações imobiliárias e condomínios fechados dispõem de playgrounds, academias, spas, parques, praças e alguns até colégios e shoppings. Assim, se tem tudo o que precisa em termos de serviços e entretenimento dentro da área comum dos imóveis.

Qualidade de vida

Obviamente, quando se está seguro e podendo se divertir em paz e harmonia há um ganho significativo em qualidade de vida. Não é à toa que esse tema tem sido muito debatido nos tempos atuais a partir do desgaste das pessoas com o estilo de vida comum nas metrópoles. Quem quer o melhor para si sabe que pode encontrar isso em uma incorporação imobiliária ou condomínio fechado.

Como o condomínio fechado funciona?

O condomínio fechado, antes que se confunda com o termo como é usado no senso comum, é uma modalidade de construção a preço de custo. É bom ter clareza entre o que é uma coisa e outra para que se possa acompanhar o raciocínio a seguir.

Nesse tipo de obra, diversos cotistas, também conhecidos como condôminos, investem na edificação de um conjunto de casas ou mesmo um prédio comercial, por exemplo, e à medida que vão quitando as parcelas vão concluindo a obra. Se diz a preço de custo porque a forma como o empreendimento é pago acaba sendo mais em conta, já que a construtora será remunerada por uma taxa de administração e não estará interessada em lucrar no material utilizado.

E-book Apartamentos CompactosPowered by Rock Convert

É bom lembrar que são os condôminos que sustentam a manutenção do local depois de concluído e esses custos continuarão a serem compartilhados após o término da obra.

E a incorporação imobiliária?

A incorporação imobiliária já é um tanto quanto diferente. Nela, as incorporadoras definem como será o projeto e oferecem um valor fixado ou ajustável, segundo parâmetros estabelecidos em contrato para a construção desse plano.

Diferentemente do condomínio, em que a inadimplência de alguns pode comprometer o funcionamento de obras mesmo que temporariamente, no caso da incorporação imobiliária, a construtora responsável deve concluir tudo, independentemente do resultado financeiro alcançado.

É óbvio que, pelo valor oferecido pelas incorporadoras, elas esperam obter lucro pelo que está sendo vendido — e se tiverem calculado bem os riscos, provavelmente terão sucesso nessa empreitada. Porém, caso um ou outro comprador deixe de cumprir com seus deveres financeiros, ela terá que entregar a obra de qualquer jeito.

No geral, essas construções são menos vantajosas financeiramente para o comprador, já que a construtora lucrará diretamente com o que está desenvolvendo para os moradores.

O que levar em consideração para escolher o tipo mais adequado?

Você pode ter percebido que ambos têm suas vantagens e desvantagens dentro de cada particularidade que apresentam, correto? Se não, não tem problema, pois podemos apontar algumas questões importantes a serem consideradas por você, como:

  • se você quer morar bem e não ter que pagar um valor tão alto para ter acesso à incorporação imobiliária, invista em um condomínio fechado;

  • caso prefira a segurança de investir em um projeto fechado mas que não se importa tanto com a relação custo-benefício, possivelmente a incorporação imobiliária pode ser uma opção melhor;

  • terceiro ponto e o mais importante: avalie cada caso e procure contar com imobiliárias com experiência no ramo para lhe ajudar a fazer uma aquisição de sucesso.

Como pode ver, ambas as modalidades podem ser interessantes e isso não depende apenas de um ponto vantajoso que uma ou outra pode oferecer. Procure conhecer o projeto em detalhes, visite o terreno, veja a construção. Você poderá ter mais clareza sobre se vale a pena ou não investir naquele lugar.

Hoje, com a internet, também é bem fácil averiguar a seriedade de empresas diversas — e no caso de incorporadoras e construtoras não é diferente. Visitando o site e as páginas delas nas redes sociais, você facilmente consegue averiguar a opinião da clientela sobre aquele empreendimento.

Quanto mais cercado de informações corretas e relevantes você tiver, maiores as chances de você fazer a escolha mais adequada às suas necessidades.

Por último, você pode aproveitar sua pesquisa na internet sobre as diferenças entre incorporação imobiliária e condomínio fechado para encontrar uma imobiliária de confiança. Existem aquelas especializadas em condomínios e imóveis de alto padrão, que poderão lhe orientar a encontrar o que esteja a altura das suas expectativas. Aproveite toda a facilidade da tecnologia para resolver suas questões mais facilmente.

Se gostou das informações do post, não deixe de nos seguir nas redes sociais: Facebook, Instagram e LinkedIn. Estamos sempre trazendo o melhor conteúdo sobre o mercado imobiliário para que você possa estar por dentro de tudo que há de bom e melhor nesse meio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *