Tudo o que você precisa saber sobre como ter um apartamento pequeno e prático

O apartamento pequeno se tornou uma realidade na vida de muitas pessoas e conquista mais adeptos a cada ano, especialmente nas grandes cidades do País, como Fortaleza. Porém, ainda há aqueles que ficam receosos quanto a esse tipo de empreendimento e não sabem se investir nele é ou não uma boa opção.

Pensando nisso, trouxemos um texto especial que mostra o porquê de esse tipo de imóvel estar em evidência no mercado imobiliário e como ele pode ficar extremamente confortável, bonito e aconchegante com medidas simples de decoração.

Por que o apartamento pequeno é a grande aposta do mercado imobiliário?

Durante muito tempo, comprar um apartamento pequeno não era o plano das pessoas que sonhavam em adquirir um imóvel, especialmente quando se tratava do primeiro, pois elas acreditavam que, quanto maior a metragem da residência, melhor ela seria — e isso não é para menos.

Afinal, as gerações mais antigas tinham em mente a formação de famílias grandes, com vários filhos e, inclusive, a presença de outros parentes (como sogros e cunhados), todos juntos e dividindo o mesmo espaço. Logo, era preciso uma casa grande, que comportasse todo mundo e pudesse proporcionar qualidade de vida para cada um deles.

Porém, nas últimas décadas, diversos fatores têm influenciado o conceito do que é uma família e o tornaram plural, como o envelhecimento da população, o reconhecimento das uniões homoafetivas, a inseminação artificial, os indivíduos que não almejam a paternidade/maternidade, entre outros.

Além disso, a priorização da carreira e o avanço da presença feminina no meio corporativo também impactaram a formação das novas famílias, reduzindo não só a quantidade de filhos, como aumentando a criação de núcleos monoparentais. Tanto é que, segundo os resultados do Censo Demográfico 2010 elaborado pelo IBGE, mais de 50,6% das famílias brasileiras não têm mais o formato tradicional de pai, mãe e filhos.

Ao contrário, elas ganharam novas caras. Inclusive, uma delas é a unipessoal, que representa 12,10% (cerca de 6.938.023) do total levantado. Ou seja, aquelas pessoas que vivem sozinhas por opção própria, porque se mudaram das cidades de origem delas, por conta do trabalho, etc.

Diante disso tudo, há uma crescente popularização de apartamentos com metragem menor. O mercado imobiliário se adaptou e encontrou uma solução adequada à realidade dessas novas configurações familiares: apartamentos inteligentes, pequenos e bem localizados nos centros urbanos.

Qual a principal característica de um apartamento pequeno e prático?

O apartamento pequeno e prático tem uma proposta simples e direta: ser um imóvel funcional que realmente atenda às suas necessidades e não apenas impressione pelo tamanho — que, em muitos casos, esconde a baixa usabilidade do local.

É por isso que a principal característica dele é a manutenção dos espaços que são essenciais às atividades domésticas (como cozinha, quarto e banheiro) e a remoção daqueles que são dispensáveis e, por vezes, inutilizados (sala, varanda e lavanderia, por exemplo).

Quais as vantagens desse tipo de imóvel?

Já em relação às vantagens, podemos começar com a maior facilidade para decorar apartamento pequeno com pouco dinheiro, uma vez que o espaço deve ser bem planejado e conter apenas o que realmente é útil e tem serventia no dia a dia.

Outro benefício é que a metragem compacta otimiza o tempo que dedicado para limpar os ambientes e mantê-los organizados. Além disso, não podemos deixar de citar o valor mais atrativo que esse investimento representa e o potencial de valorização dele nos próximos anos.

Quais as melhores práticas para deixá-lo bonito e funcional?

Existem várias práticas que podem ser adotadas em uma decoração de apartamento pequeno que vão além da adoção de uma paleta de cores claras e um bom projeto luminotécnico e visam não apenas deixá-lo bonito, mas principalmente funcional e com o espaço otimizado para a sua mobilidade.

E-book Apartamentos CompactosPowered by Rock Convert

Entre as principais, podemos citar, na decoração da sala e do quarto, o investimento em móveis feitos sob medida e com função retrátil/dobrável/giratória (como camas, mesas, bancadas, painéis de TV etc.), que se adaptam às particularidades da residência sem desperdiçar — e muito menos inutilizar — nenhum centímetro da metragem do local.

Também é possível a remoção de forros que reduzem a altura do pé-direito dos imóveis — isto é, a distância entre o piso e o teto. Com isso, há o ganho de alguns centímetros que impactam positivamente o espaço, deixando os apartamentos com ambientes amplos e muito mais convidativos.

Outra possibilidade é a adoção do conceito aberto. Cada vez mais popular no design de interiores, ele prega a remoção ou a mobilidade de paredes dos apartamentos. Elas podem servir como divisórias dos cômodos ou serem eliminadas para, assim, integrá-los e torná-los um só, mais amplo. É o caso da cozinha americana, integrada à sala.

Dessa maneira, você circula com muita mais facilidade entre os ambientes e, de quebra, eles ficam mais iluminados e arejados. Fora os móveis planejados para apartamento pequeno e demais alternativas citadas, há uma quarta: ter um piso nivelado e com o mesmo revestimento em toda a moradia.

Isso é bastante útil porque evita que os cômodos, mesmo conjugados, acabem sendo divididos visualmente — seja porque um tem cerâmica e o outro tem taco de madeira, seja porque o piso é repleto de desníveis e presença de soleiras. Ou seja, ele unifica todos os cantos e cria uma sensação de continuidade por toda a habitação.

Quais inovações o empreendimento J.Smart promove?

Para encerrar nosso post, queremos falar sobre o J.Smart, um empreendimento que busca ser plural assim como as novas formações familiares e atender a um público cada vez mais diverso, cheio de particularidades e com anseios que precisam ser ouvidos e levados a sério.

Esse projeto conta com apartamentos de 37 m², 43 m² e 46 m² — que podem ser adquiridos já mobiliados — e foi concebido a partir do conceito de coliving, em que os espaços inutilizados são removidos e convertidos em áreas compartilhadas entre os moradores. Dessa forma, não só o valor do imóvel é reduzido, mas também as despesas com energia elétrica e água caem drasticamente. Já pensou poder comprar apartamento pequeno decorado e pronto para morar ou alugar?

Mas não acaba aí, já que não é só a residência que é inteligente. Aqui, essa é uma característica compartilhada por todo o prédio. É por isso que a portaria conta com fechaduras eletrônicas que podem ser desbloqueadas por meio do J.Smart Kipper App, um aplicativo desenvolvido exclusivamente para os smartphones dos condôminos.

Com isso, os custos com funcionários na portaria são reduzidos a zero e impactam diretamente o valor da taxa condominial — que fica muito mais em conta para o seu bolso. Para completar, você ainda tem a possibilidade de usar o mesmo aplicativo para contratar serviços pay per use que vão desde entrega de comida até limpeza do seu lar. Tudo para tornar o seu dia a dia mais prático, leve e ágil.

E como se não bastasse tudo o que já mencionamos, há ainda mais: o J.Smart conta com uma vertente do projeto chamado J.Smart Modular, no qual é possível conjugar o seu apartamento com outros e, assim, aumentar a metragem do seu domicílio — chegando até 83 m² — caso seja essa a sua necessidade.

Dessa forma, se você precisar de mais espaço, seja por qual for o motivo, saiba que dá, sim, para tornar essa alteração algo real. O que seria impossível em apartamentos regulares, nos quais a estrutura física tem diversas limitações.

Como você viu, o apartamento pequeno pode ser um excelente investimento para construir e expandir seu patrimônio. Isso sem falar, é claro, que é uma tendência cada vez mais alinhada com as mudanças sociais e que, por meio da decoração, pode ganhar valor estético, funcional e de aconchego que não fica a dever em nada para imóveis com metragens padrões.

Por isso, aproveite e entre em contato conosco para saber mais a respeito do J.Smart e como esse empreendimento vai mudar a sua vida!

3 Comments on “Tudo o que você precisa saber sobre como ter um apartamento pequeno e prático”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *